Wlamir Marques

Wlamir Marques

16º Campeonato Sul-Americano de Basquete Masculino

Wlamir Marques, do ESPN.com.br
ESPN
Wlamir Marques durante homenagem
Wlamir Marques durante homenagem


LOCAL: Cucúta/Colombia

DATA: 13 à 31/08/1955

ANO: 1955

Terminado os Jogos Panamericanos do México, tivemos uma pequena pausa nas atividades da seleção brasileira. No mês de Julho voltamos a nos encontrar para novos treinamentos na cidade do Rio de Janeiro.

Houve uma nova convocação para o Campeonato Sulamericano contando com novos jogadores, mas com a presença de alguns mais experientes. Era a minha 4ª participação aos 18 anos e já com boa experiencia internacional. 

Esse campeonato sulamericano foi disputado de forma simultânea com o 1º campeonato sulamericano juvenil. Eu tinha idade para disputar o juvenil, mas a CBB e o técnico optaram pela minha presença na seleção adulta.

Para essa competição a CBB indicou para nosso técnico um ex medalhista e atleta olímpico de 1948, Sr. Ruy de Freitas e, o Cel. José Simões Henriques para a seleção juvenil. Se pudesse eu disputaria os dois, mas fui impedido.

Wlamir Marques, 80 anos: veja a homenagem a um dos maiores nomes da história do basquete mundial

Dessa vez os nossos treinamentos foram realizados em período mais curto, quando mais uma vez ficamos concentrados no Hotel Paisandú. Ate então eu fui dirigido por 3 técnicos na seleção, cada qual com ideias diferentes.

Como podem observar, as seleções não eram permanentes, sempre alguns nomes despontavam no cenário nacional e sempre eram chamados para os treinamentos. À partir dali é que começamos a despontar mundialmente. 

Ao final dos treinamentos a nossa viagem foi programada à partir do Rio de Janeiro com destino à Lima/Peru com a Varig. De Lima para Bogotá com a Avianca. Pernoitamos em Bogotá para no dia seguinte seguirmos para Cucúta.

Ginásio do Parque São Jorge será renomeado para homenagear Wlamir Marques

Foi uma viagem muito cansativa com aviões ainda movidos à hélices. Mais tarde vieram os jatos. Chegando em Cucúta fomos alojados em um hostital desativado junto com todas as delegações. As camas eram todas dobraveis.

Nos alimentávamos nas dependências do hospital, estranhando como sempre os exagerados temperos típicos da região. Pouco saíamos para os passeios, algumas vezes iamos à San Cristobal, na divisa com a Venezuela.