Veja quem é melhor em 'jogos grandes' e quem só foi bem contra 'babas'

Igor Resende, do ESPN.com.br
Gazeta Press
Atlético-MG e Vasco têm pior desempenho contra grandes; Cruzeiro é o melhor
Atlético-MG e Vasco têm pior desempenho contra grandes; Cruzeiro é o melhor

Esse começo de temporada serve de parâmetro para a disputa do Brasileirão e para o resto do ano?

Essa é geralmente a pergunta a ser feita neste período do ano, quando os estaduais vão chegando ao fim. As competições regionais, repletas de time que não estão na elite do futebol nacional, costuma criar disparidades na análise.

Por isso, o ESPN.com.br fez um levantamento para saber como os 12 times de maior investimento no país se comportam em ‘jogos grandes'.

Consideramos ‘jogos grandes' aqueles contra times da elite e todos em competições continentais (Libertadores e Sul-Americana). Pelo tamanho da história do clube e também pelo nível de investimento, o Internacional também foi considerado na conta.

Assim, o Cruzeiro é quem aparece no topo da lista de desempenho. Foram quatro vitórias e apenas uma derrota nos cinco ‘jogos grandes' que fez - sendo que a única derrota não impediu que o time se classificasse à próxima fase da Copa do Brasil. Um aproveitamento de 83,3% dos pontos.

Curiosamente, é o único time que tem um aproveitamento melhor em ‘jogos grandes' do que em ‘pequenos'. Contra times que não estão na elite, a equipe de Mano Menezes ganhou 79,2% dos pontos que disputou.

O curioso é que o arquirrival está na parte debaixo dessa tabela. O Atlético-MG ganhou só um dos seis ‘jogos grandes' que fez - contra o Sports Boys, na Libertadores -, empatou dois e perdeu três - sendo dois clássico para o próprio Cruzeiro. Um aproveitamento de apenas 27,8% dos pontos.

O Vasco é outro que não passa dos 30%. Tem apenas uma vitória, quatro empates e três derrotas, com um aproveitamento de 29,1%. O time cruzmaltino, porém, tem a seu favor o fato de ter ganho uma taça nesta temporada contra um rival - a Taça Rio, diante do Botafogo.

Santos e São Paulo também aparecem com menos de 50% dos pontos - 33,3 e 45,8%, respectivamente. E os dois somam eliminações importantes. O time da Baixada caiu no Paulista, e o da capital foi eliminado na Copa do Brasil.

Já o Corinthians aparece como o time mais regular: fez 66,7% dos pontos em ‘jogos grandes' e 66,7% em ‘jogos pequenos'.

Veja abaixo o aproveitamento de cada clube:

  •  Atlético-MG 

TEMPORADA: 18 jogos, 11 vitórias, 3 empates e 4 derrotas; 66,7% de aproveitamento
JOGOS GRANDES: 6 jogos, 1 vitória, 2 empates e 3 derrotas; 27,8% de aproveitamento
OUTROS JOGOS: 12 jogos, 12 vitórias, 1 empate e 1 derrota; 86,1% de aproveitamento

 

  •  Botafogo 

TEMPORADA: 20 jogos,11 vitórias, 4 empates e 5 derrotas; 61,7% de aproveitamento
JOGOS GRANDES: 12 jogos, 5 vitórias, 3 empates e 4 derrotas; 50% de aproveitamento
OUTROS JOGOS: 8 jogos, 6 vitórias, 1 empate e 1 derrota; 79.2% de aproveitamento

 

  •  Corinthians 

TEMPORADA: 22 jogos,12 vitórias, 8 empates e 2 derrotas; 66,7% de aproveitamento
JOGOS GRANDES: 8 jogos, 4 vitória e 4 empates; 66,7% de aproveitamento
OUTROS JOGOS: 14 jogos, 8 vitórias, 4 empates e 2 derrotas; 66,7% de aproveitamento

 

  •  Cruzeiro 

TEMPORADA: 22 jogos,16 vitórias, 5 empates e 1 derrota; 80,3% de aproveitamento
JOGOS GRANDES: 6 jogos, 5 vitórias e 1 derrota; 83,3% de aproveitamento
OUTROS JOGOS: 16 jogos, 11 vitórias e 5 empates; 79,2% de aproveitamento

 

  •  Flamengo 

TEMPORADA: 20 jogos,13 vitórias, 6 empates e 1 derrota; 75% de aproveitamento
JOGOS GRANDES: 10 jogos, 5 vitórias, 4 empates e 1 derrota; 63,3% de aproveitamento
OUTROS JOGOS: 10 jogos, 8 vitórias e 2 empates; 86,7% de aproveitamento

 

  •  Fluminense 

TEMPORADA: 23 jogos,11 vitórias, 4 empates e 5 derrotas; 68,1% de aproveitamento
JOGOS GRANDES: 7 jogos, 3 vitórias, 2 empates e 2 derrotas; 52,4% de aproveitamento
OUTROS JOGOS: 16 jogos, 11 vitórias, 3 empates e 2 derrotas; 75% de aproveitamento

 

  •  Grêmio 

TEMPORADA: 20 jogos, 9 vitórias, 8 empates e 3 derrotas; 53,3% de aproveitamento
JOGOS GRANDES: 5 jogos, 2 vitórias, 2 empates e 1 derrota; 60% de aproveitamento
OUTROS JOGOS: 15 jogos, 7 vitórias, 6 empates e 2 derrotas; 58,3% de aproveitamento

 

  •  Internacional 

TEMPORADA: 19 jogos, 8 vitórias, 9 empates e 2 derrotas; 66,7% de aproveitamento
JOGOS GRANDES: 4 jogos, 1 vitória e 3 empates; 50% de aproveitamento
OUTROS JOGOS: 15 jogos, 7 vitórias, 6 empates e 2 derrotas; 70.2% de aproveitamento

 

  •  Palmeiras 

TEMPORADA: 18 jogos,12 vitórias, 2 empates e 4 derrotas; 70,4% de aproveitamento
JOGOS GRANDES: 8 jogos, 4 vitórias, 1 empate e 3 derrotas; 54,2% de aproveitamento
OUTROS JOGOS: 10 jogos, 8 vitórias, 1 empate e 1 derrota; 83,3% de aproveitamento

 

  •  Santos 

TEMPORADA: 17 jogos,9 vitórias, 3 empates e 5 derrotas; 58,9% de aproveitamento
JOGOS GRANDES: 8 jogos, 2 vitórias, 2 empates e 4 derrotas; 33,3% de aproveitamento
OUTROS JOGOS: 9 jogos, 7 vitórias, 1 empate e 1 derrota; 81,5% de aproveitamento

 

  •  São Paulo 

TEMPORADA: 22 jogos,11 vitórias, 7 empates e 4 derrotas; 60,6% de aproveitamento
JOGOS GRANDES: 8 jogos, 3 vitórias, 2 empates e 3 derrotas; 45,8% de aproveitamento
OUTROS JOGOS: 14 jogos, 8 vitórias, 5 empates e 1 derrota; 69% de aproveitamento

 

  •  Vasco 

TEMPORADA: 18 jogos,9 vitórias, 5 empates e 4 derrotas; 59,2% de aproveitamento
JOGOS GRANDES: 8 jogos, 1 vitória, 4 empates e 3 derrotas; 29,1% de aproveitamento
OUTROS JOGOS: 10 jogos, 8 vitórias, 1 empate e 1 derrota; 83,3% de aproveitamento